Canadá Toronto Vida

Minha primeira semana de trabalho

27/02/2017

Vou contar como foi minha primeira semana de trabalho… Meu primeiro dia estava marcado para o dia 21 de fevereiro, uma terça-feira depois do feriado do Family Day. Passei o fim de semana prolongado muito aflita e apreensiva, mas colocando na cabeça e ouvindo de todas as pessoas próximas de mim que seria tranquilo e que tudo daria certo! Bom, a verdade é que não foi bem assim.

O CTO já havia me avisado para levar meu próprio computador enquanto o que ele havia encomendado pra mim não chegasse. Então cheguei na terça-feira às 9hrs com o meu computador, ele me acomodou na minha mesa e disse para eu ficar à vontade até as 10hrs que é quando eles tem a reunião diária do time de tecnologia. Foi ótimo, fiquei mexendo no site da empresa, tentando aprender mais sobre o modelo de negócio deles. Na reunião, cada um falou o que tinha feito no dia anterior e o que faria naquele dia. É uma reunião bem comum para quem é da área. O CTO falou pra eu passar os dois primeiros dias me ambientando, olhando o código. Fiquei um pouco aliviada porque estava com um pouco de receio deles me cobrarem resultado no primeiro dia, não sabia como era o ritmo deles de trabalho.

Bom, passei o primeiro dia baixando e instalando tudo o que era necessário no meu computador. Foi bem trabalhoso por questões técnicas, deu vários conflitos com o meu computador e aquilo estava me deixando bem aflita, mas não tão preocupada porque sabia que chegando em casa eu poderia terminar nem que fosse dormir super tarde (e foi o que aconteceu).

O que me deixou super desconfortável no primeiro dia foi a questão do ambiente. O lugar é ótimo, super lindo, espaçoso, com cozinha equipada, casual e calmo. Bem calmo, super calmo. Praticamente não há interação entre as pessoas, elas basicamente se cumprimentam e despedem. Acho que o ritmo canadense é mais parecido com isso mesmo, mas eu achei tudo muito quieto. A vantagem é que não há espaço nenhum pra fofoca de empresa e isso pra mim é um alívio e tanto. Outra coisa é que não vi as pessoas comendo. Sei que pode parecer patético e provavelmente foi, mas eu tinha levado um sanduíche para almoçar e não tive coragem de comer porque não vi ninguém comendo nada. Conclusão: passei fome. Outra coisa, o programador que senta do meu lado falou umas duas frases comido durante o dia e eu não entendi lhufas do que ele disse, apenas sorri e acenei.

Além disso tudo, ainda passei um frio danado porque estava com uma camisa de seda e eles deixam as janelas abertas porque o aquecimento é muito forte. Bom, eu estava louca pra sair de lá e ir correndo pra minha casa.

E assim foi também a quarta e quinta feira, com a diferença de que consegui comer (timidamente rs) e levei um casaco de frio próprio para escritório. Detalhe que na quinta-feira, assim que eu terminei de configurar meu computador para começar a programar, chegou o computador novo da empresa e tive que começar tudo de novo. Sério, gente!

Bom, na quinta cheguei em casa super triste, achando que eu não ia conseguir, com uma sensação de que eles estavam esperando bem mais de mim do que eu poderia dar. Eu sabia que eles queriam alguém pró-ativo, que chegasse com ideias, que apresentasse melhorias para a plataforma. E naquela semana eu estava me sentindo amuada e insegura para falar e propor qualquer coisa. Recebi uma dose de auto-estima e ânimo do marido e na sexta-feira tentei chegar um pouco melhor. Cheguei já indo conversar com o CTO, mostrando meu ponto de vista sobre a minha primeira tarefa e tentei interagir mais com meus colegas. Deu um pouco certo, está longe de ser o ideal mas o caminho deve ser esse.

Como não foi tudo ruim, devo dizer que a região onde o escritório fica é muito incrível e o quarteirão que eu tenho que andar do ponto de ônibus até lá é tão gostoso e interessante que tenho muito a descobrir ali. Meus colegas apesar de reservados são muito gentis e prontos pra ajudar se preciso. O escritório é super bem decorado e agradável e o vizinho ouve Johny Cash o dia inteiro, o que é ótimo pra mim kkk.

Eu estou planejando ir na academia antes de ir pro trabalho. Eu gosto porque me dá energia pro dia todo. Mas nessa primeira semana foi impossível. Eu estava chegando em casa exausta e indo dormir por volta das 21hrs. Não sei se o psicológico abaixou minha imunidade, mas acabei pegando uma gripe chata e amanhã (segunda semana) já não vou conseguir ir de novo, mas é algo que quero muito por pra funcionar. Já chegar no trabalho acelerada acho que vai fazer toda a diferença.

Estar trabalhando numa empresa nova, num país novo e em uma outra língua é como entrar na primeira série de novo. Tem que aprender maneiras novas, como se comportar, observar o tempo todo. Não é fácil… Mas sou muito grata por estar tendo essa oportunidade e quero dar o meu melhor pra crescer e me desenvolver muito lá!

Posts Relacionados

You Might Also Like